Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


10 excertos de Jane Eyre

por Daniela, em 18.02.18

IMG_20180218_180612.jpg

 

"Eu acho que a vida é demasiado curta para ser passada a alimentar animosidades ou a recordar injustiças."

 

"Mesmo que o mundo inteiro te odiasse e te julgasse uma mã pessoa, desde que a tua consciência aprovasse a tua conduta e te libertasse de qualquer culpa, terias sempre uma amiga."

 

"(...) o tempo mitiga os desejos de vingança e aquieta os impulsos de fúria ou repulsa."

 

"(...) não há felicidade que se compare a sentirmos que somos amados pelos nossos semelhantes e que a nossa presença é para eles uma fonte de conforto."

 

"É como se eu tivesse um cordel algures debaixo das costelas do lado esquerdo, apertado com um nó tão cego ao ponto de ser impossível de desatar a um cordel semelhante situado na zona correspondente do seu corpo franzino. E se aquele canal tempestuoso mais cerca de trezentos quilómetros de terra se interpusesse entre nós dois, tenho medo de que esse cordel de ligação se parta, e depois há qualquer coisa dentro de mim que me diz que eu ficaria a sangrar por dentro."

 

"Porventura acha que sou algum autómato? Uma máquina destituída de sentimentos? E que estou disposta a deixar que me arranquem o naco de pão da boca e me despejem da taça a gota de água que me é indispensável à vida? Porventura acha que, lá por eu ser pobre, feira, apagada e baixa, não tenho alma e coração? Pois olhe que está muito enganado... Tenho uma alma tão grande quanto a sua e um coração tão forte quanto o seu! E, tivesse-me Deus dotado dalguma beleza e de muito dinheiro, e pode ter a certeza de que o senhor teria tanta dificuldade em deixar-me como eu tenho em deixá-lo neste momento. Não lhe estou a falar com a linguagem dos costumes, das convenções nem sequer da carne mortal... É o meu espírito a dirigir-se ao seu espírito, como se ambos já tivéssemos pela sepultura e nos encontrássemos agora aos pés de Deus, como iguais que somos!"

 

"Eu não sou pássaro nenhum, e não há rede capaz de me prender. Sou um ser humano livre, dotado de vontade própria, (...)"

 

"(...) que necessidade há de viver no Passado quando o Presente se nos apresenta muito mais seguro... e o Futuro, muito mais radioso?"

 

"Os preconceitos, como é bem sabido, são mais difíceis de erradicar de um solo que nunca foi arado ou fertilizado por meio da educação, ficam tão enraizados como ervas daninhas entre as pedras."

 

"Eu não sou pessoa de grande orgulho em circunstâncias destas: prefiro sempre a alegria à dignidade."

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

DSCF3785.JPG

 

1. "Há certas coisas que, depois de partilhadas, nos obrigam a gostar uns dos outros e enfrentar um gigante da montanha com três metros e meio de altura era, sem dúvida, uma delas."

 

2. "erised stra ehru oyt ube cafru oyt on wohsi" (i show not your face but your heart's desire)

 

3. "Não se resolve nada a divagar em sonhos quando nos esquecemos de viver."

 

4. "Além disso, para uma mente bem organizada, a morte é apenas a próxima grande aventura."

 

5. "(...) os seres humanos têm tendência para escolher sempre o que é pior para eles."

 

6. "A verdade (...) é bela e terrível e deverá por isso ser tratada com grande cuidado."

 

7. "Existem muitos tipos de coragem (...) É necessária muita fibra para enfrentar os nossos inimigos, mas não é preciso menos para fazermos frente aos nossos amigos."

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

Excertos #16

por Daniela, em 23.10.16

 

«Algumas vezes sofria ataques de asma. Então chamava a neta com uma campainha de prata que andava sempre consigo e Alba acudia a correr, abraçava-a e curava-a com sussurros de consolo, pois ambas sabiam, por experiência, que a única coisa que pára a asma é o abraço prolongado de um ser querido.»

 

 Em A Casa dos Espíritos, de Isabel Allende*

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

Excertos #15

por Daniela, em 22.09.16

image.jpg

 

 

"O nosso mundo era assim, cheio de palavras que matavam: o garrotilho, o tétano, o tifo, o gás, a guerra, o torno, o entulho, o trabalho, o bombardeamento, a bomba, a tuberculose, a supuração. Remeto para essas palavras e para aqueles anos os muitos medos que me têm acompanhado toda a vida"

 

Em A Amiga Genial, de Elena Ferrante*

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

Excertos #14

por Daniela, em 02.08.16

 

 

 

"Suponho que essa era uma das consequências de se ter uma alma romântica. Acreditava-se em coisas como o amor à primeira vista e presentes perfeitos."

 

 

 

Em A Filha da Minha Melhor Amiga, de Dorothy Koomsom*

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

Excertos #13

por Daniela, em 30.07.16

 

"Ela não era tão segura de si como o seu comportamento dava a entender e eu não era tão descarada e dura como fingia ser. Podia transmitir essa impressão a princípio, podia agir com frieza e inacessibilidade, mas desiludia-me sempre a mim própria quando tinha um rebate de consciência - não conseguia ser uma cabra até ao fim."

Do livro A Filha da Minha Melhor Amiga, de Dorothy Koomsom*

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

Excertos #12

por Daniela, em 30.06.16

Não te Deixarei Morrer David Crokett.jpg

 

"O que o acordou foi o silêncio. Primeiro, o do despertador que não tocou à hora combinada todas as manhãs. Depois, o de outra respiração, que devia ouvir e não ouvia. Estendeu a mão para o quente do outro lado da cama e encontrou o frio. Apalpou e encontrou vazio. Então, sim, despertou completamente.

 

 

Um prenúncio de tragédia desceu por ele abaixo, como um arrepio. O que acabara de se lembrar era que não acordara só por acaso ou por acidente: aquele era o primeiro dia, a primeira manhã da sua separação — o primeiro de quantos dias? — em que acordaria sempre sozinho, com metade da cama fria, metade do ar por respirar."

 

De Miguel Sousa Tavares, em Não te Deixarei Morrer, David Crockett*

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

Excertos #11

por Daniela, em 26.06.16

 

 

"«Sempre que te apetecer criticar alguém», disse ele, «lembra‑te de que nem toda a gente neste mundo teve as mesmas vantagens que tu.»"

 

 

De F. Scott Fitzgerald, em O Grande Gatsby*

 

 

 

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

Excertos #10

por Daniela, em 06.06.16

 

Uma Morte Súbita.jpg

 

"(...) a história de Bhai Kanhaiya, o herói sique que atendia às necessidades dos feridos em combate, quer fossem amigos ou inimigos. Quando lhe perguntaram por que motivo prestava ajuda indiscriminadamente, Bhai respondera que a luz de Deus brilhava a partir de todas as almas, o que lhe impossibilitava distinguir entre elas."

 

De J. K. Rowling, em Uma Morte Súbita*

 

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

Excertos #9

por Daniela, em 24.05.16

Uma Morte Súbita.jpg

 

"O erro que noventa e nove por cento da humanidade cometiam, tanto quanto Fats sabia, era as pessoas sentirem vergonha daquilo que eram; mentirem acerca disso e tentarem ser outra pessoa.

(...)

O mais difícil, o mais glorioso, era ser-se a pessoa que se era realmente, (...)"

 

 

Do livro Uma Morte Súbita, de J. K. Rowling*

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.