Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


BEDA #21: Oníria, de Joana Santos Silva

por Daniela, em 21.08.17

DSCF3528.JPG

 

Este é um livro de poemas muito pequenino, lê-se bem em apenas uma hora.

Aqui encontramos poemas de amor, poemas para a mãe, poemas sobre irmãos e poemas sobre a vida em geral. No final de cada um, encontramos o ano em que foi escrito. Como diz a sinopse, "são pedaços de uma vida, aconchegada entre o passado e o presente, entre o sono e o sonho. Inquietações que nos apanham de olhos ainda cerrados, desligadas da realidade apenas na medida certa.
Esta é uma obra de sobressaltos que podiam ser os nossos, povoada por desassossegos que são de todos. Feita de momentos que, ao romper da aurora, nos fazem seguir em frente." 

Não é o pior livro que já li, mas também não posso dizer que tenha sido uma boa leitura.

Nenhum dos textos me prendeu, não me transmitiu qualquer tipo do sentimento que a poesia deve trazer. A maioria das rimas pareceu-me forçada e por vezes apareciam versos sem qualquer sentido. Os anos escritos no final dos poemas não estão seguidos, pelo que não consegui perceber se houve evolução ao longo do tempo.

Não costumo ler poesia, pelo que também não tenho bases para dizer mais, sinto apenas que esta me deve trazer mais sentimento ao ser lida.

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tia Guida, de André Fernandes

por Daniela, em 10.01.17

Há quem pratique o bem para lavar a alma, há quem pratique o bem para lavar almas e há quem pratique o bem por lhe estar na alma.

Tia Guida.JPG

 

 

 

Este é um livro que fala da doença do momento, de cancro, pelas palavras de alguém que o acompanhou de perto. Pessoalmente identifico-me com este livro pois, em tenra idade, vi alguém sofrer com esta terrível doença, ainda sem saber bem as suas complicações.

Uma lição de vida que fala de uma doença que mói quem dela sofre, que fragiliza e cujos tratamentos agressivos contribuem ainda para uma maior fragilidade, alargada também às pessoas que com ela contactam de perto.

André, o autor, conta-nos a experiência que teve com a sua tia Guida, uma tia que considera como mãe e que desenvolveu um cancro diagnosticado já em fase terminal no estômago. Foi deixando a sua própria vida para trás, de forma a poder acompanhar a tia nesta fase tão difícil.

As previsões iniciais eram muito curtas, de apenas três meses, no entanto a tia Guida conseguiu superá-las, tanto as primeiras como as segundas, com a sua força e com a ajuda de quem mais a amava. 

Quando o amor que nos liga a alguém é assim tão genuíno, perante a chance de não mais vermos a materialização física da pessoa que amamos à nossa frente, sofremos num vazio difícil de descrever e damos por nós a perdermo-nos na pessoa

Em suma, este é um testemunho cheio de sentimentos de amor, carinho e afeto, usados na luta contra esta doença, que foi enfrentada de frente e sem medos pela tia Guida.

No final, fica a incerteza do desfecho desta história, que infelizmente pude comprovar posteriormente.

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

Histórias com 100 palavras.jpg

 

 

 

Título: Histórias com 100 palavras

Autor: Filipe Piteira

Editora: Chiado Editora

1ª Edição: 2015

Nº de Páginas: 102

 

 

 

 

"Só o número de palavras é limitado,

tudo o resto é infinito"

 

Sinopse: Histórias sobre o Homem comum que levam o leitor por si próprio ao exercício da reflexão e da representação visual, proporcionando um imaginário que a cada um somente pertence.

 

Opinião: Um livrinho pequeno, que se lê num instante, com 48 diferentes histórias, cada uma com aproximadamente 100 palavras. Achei a ideia deste livro bastante engraçada, recebi-o a partir da parceria do blog com a Chiado Editora. É um livro com uma escrita clara e simples que aglomera contos da vida quotidiana e de realidades comuns ou, quem sabe, algumas memórias e dedicatórias.

Cada história é diferente da anterior, havendo espaço para bastantes temas. Existem histórias de amor, histórias divertidas, de solidão, de lúxuria ou simplesmente histórias em forma de desabafo.

 

Deixo-vos aqui duas das pequenas histórias deste livro:

 

"TRANSCENDÊNCIA

Os dois caminham de mão dada em direção à luz, na ingenuidade de uma vida levada por pequenas coisas singulares, simples e singelas. Neste percurso ambos procuram o sexto sentido que é o culminar de uma série de obstáculos sonoros e visuais com que se deparam e de texturas que se apalpam e que aos poucos numa luta por cada um se transformarão num só. Eles entreolham-se exaustos e percebem que foram absorvidos por algo belo, romântico e sedutor, o suficiente para que sintam que ali, lado a lado, que podem por fim, se entregar um ao outro e partir."

 

"BASEADO NUMA HISTÓRIA VERÍDICA

Apesar do ambiente sujo e do odor mofento, ele sentia-se bem naquela mesa de bar. Conhecia cada um dis homens hostis que por ali entravam e saiam numa correria doida por deleito. O castanho-escuro daquela mesa de madeira decadente já estava usado e gasto pelos anos e queimado pela luz, pelos bafos e cinzas de cigarro. Em frente estava uma estante húmida com livros encardidos que ninguém tocara mais por tenência. Ele não se incomodava, até conhecia de cor as manchas de bolor que permaneciam e as novas que se multiplicavam no teto, assim como as rugas da sua vida"

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

In Loving Memory Of - S. Formigo

por Daniela, em 11.08.15

(Apenas contem revelações sobre o enredo que podem ser encontradas na sinopse)

 

 

Título: In Loving Memory Of

Autora: S. Formigo

Editora: Chiado Editora

1ª Edição: 2014

Nº de Páginas: 450

 

 

 

"O meu nome é Bianca. Sou um vampiro.

Esta é a minha história"

 

In Loving Memory Of conta a história de Bianca, narrada pela própria, uma mulher misto de humana, anjo e vampira. 

Num mundo que a princípio não conhece completamente, Bianca conta-nos a sua história e os seus sentimentos eternos e avassaladores por Christian, bem como as várias provações que a vida lhes trouxe.

No meio de uma sociedade secreta várias são as lutas internas de cada personagem pela culpa e o dever da sua espécie. Entre eles, lutam ainda pela revelação, ou não, da sua civilização e da imortalidade que os acompanha.

Consegui terminar a leitura deste livro em menos de três dias!

Diferente das histórias de vampiros a que estamos habituados, este é um livro que se torna viciante, também pela forma como a autora nos mostra cenários mais secundários, mesmo estes continuando a ser narrados por Bianca. É possível conhecer, criar empatias e opiniões nossas sobre as personagens, sem estarmos restringidos às ideias da protagonista.

Admito que inicialmente estranhei a forma de escrita do livro, escrito diretamente para o leitor, mas há medida que ia continuando a leitura acabei por me envolver na história e no enredo sem que isso me perturbasse.

Uma das coisas que gostei mais neste livro foi a falta de momentos monótonos, momentos "mortos", a leitura flui naturalmente e há sempre vontade de continuar a ler.

 

Recomendo, podem encontrar este livro aqui.

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.