Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BEDA #19: 5 livros que quero ler

por Daniela, em 19.08.17

Hoje trago-vos cinco livros que estão na minha lista de livros que quero muito ler. Ainda não tenho nenhum deles, mas espero que seja para breve.

 

O Senhor dos Anéis

É verdade, ainda não li esta trilogia. Vi os filmes uma vez, mas nunca dei lhes dei a devida importância. Quero comprar e ler os três livros, talvez seja durante o próximo ano.

 

O-Senhor-dos-Aneis-Vol-1.jpg

 

Sobre o livro: Em apreciação crítica à obra de Tolkien cuja edição portuguesa apresentamos, o Sunday Times escrevia que o mundo da língua inglesa se encontra dividido em duas partes: a daqueles que já leram O Senhor dos Anéis e a daqueles que o vão ler.
Não se enganava o crítico ao indicar assim que estamos perante uma obra de leitura obrigatória, que, sem qualquer sombra de exagero, se insere entre as mais notáveis criações literárias do nosso século. Situando-se na linha da criação fantástica em que a literatura inglesa é fértil (lembremos Jonathan Swift com As Viagens de Gulliver, lembremos Lewis Carrol com a sua Alice no País das Maravilhas), Tolkien oferece-nos uma obra verdadeiramente monumental, onde todo um mundo é criado de raíz, uma nova cosmogonia arquitectada por inteiro, uma irrupção de maravilhoso que é admirável jogo de criação pura. O sopro genial que perpassa na elaboração deste maravilhoso, traduzido sobretudo no realismo da narração, deixa no leitor o desejo irresistível de conhecer «esse» mundo que, como crianças, chegamos a acreditar que existe.
A Irmandade do Anel é o primeiro volume da trilogia O Senhor dos Anéis, em que se integram também As Duas Torres e O Regresso do Rei.
 

 

 

As Serviçais

Um livro que conquistou muitos leitores e sobre o qual tenho grande curiosidade.

 

 

Sobre o livro: Skeeter tem vinte e dois anos e acabou de regressar da universidade a Jackson, Mississippi. Mas estamos em 1962, e a sua mãe só irá descansar quando a filha tiver uma aliança no dedo.
Aibileen é uma criada negra, uma mulher sábia que viu crescer dezassete crianças. Quando o seu próprio filho morre num acidente, algo se quebra dentro dela. Minny, a melhor amiga de Aibileen, é provavelmente a mulher com a língua mais afiada do Mississippi. Cozinha divinamente, mas tem sérias dificuldades em manter o emprego… até ao momento em que encontra uma senhora nova na cidade.
Estas três personagens extraordinárias irão cruzar-se e iniciar um projecto que mudará a sua cidade e as vidas de todas as mulheres, criadas e senhoras, que habitam Jackson. São as suas vozes que nos contam esta história inesquecível cheia de humor, esperança e tristeza.
Uma história que conquistou a América e está a conquistar o mundo.

 

 

O Rapaz do Pijama às Riscas

Já vi o filme e se bem me lembro chorei. Muito emocionante mesmo. Quero muito ler o livro.

 

 

Sobre o livro: Bruno, de nove anos, nada sabe sobre a Solução Final e o Holocausto. Não tem consciência das terríveis crueldades que são infligidas pelo seu país a vários milhões de pessoas de outros países da Europa. Tudo o que ele sabe é que teve de se mudar de uma confortável mansão em Berlim para uma casa numa zona desértica, onde não há nada para fazer nem ninguém para brincar. Isto até ele conhecer Shmuel, um rapaz que vive do outro lado da vedação de arame que delimita a sua casa e que estranhamente, tal como todas as outras pessoas daquele lado, usa o que parece ser um pijama às riscas. 

 

 

A História de uma Serva

Uma distopia que me despertou a atenção assim que li a sinopse.

 

 

Sobre o livro: Uma visão marcante da nossa sociedade radicalmente transformada por uma revolução teocrática. A História de Uma Serva tornou-se um dos livros mais influentes e mais lidos do nosso tempo.

Extremistas religiosos de direita derrubaram o governo norte-americano e queimaram a Constituição. A América é agora Gileade, um estado policial e fundamentalista onde as mulheres férteis, conhecidas como Servas, são obrigadas a conceber filhos para a elite estéril. 
Defred é uma Serva na República de Gileade e acaba de ser transferida para a casa do enigmático Comandante e da sua ciumenta mulher. Pode ir uma vez por dia aos mercados, cujas tabuletas agora são imagens, porque as mulheres estão proibidas de ler. Tem de rezar para que o Comandante a engravide, já que, numa época de grande decréscimo do número de nascimentos, o valor de Defred reside na sua fertilidade, e o fracasso significa o exílio nas Colónias, perigosamente poluídas. Defred lembra-se de um tempo em que vivia com o marido e a filha e tinha um emprego, antes de perder tudo, incluindo o nome. Essas memórias misturam-se agora com ideias perigosas de rebelião e amor.

 

 

A Laranja Mecânica

Já tenho curiosidade em ler este livro há algum tempo. Ainda não surgiu a oportunidade, espero que esteja para breve.

 

 

Sobre o livro: Narrada pelo protagonista, o adolescente Alex, esta brilhante e perturbadora história cria uma sociedade futurista em que a violência atinge proporções gigantescas e provoca uma reposta igualmente agressiva de um governo totalitário. A estranha linguagem utilizada por Alex - soberbamente engendrada pelo autor - empresta uma dimensão quase lírica ao texto. Ao lado de "1984", de George Orwell, e "Admirável Mundo Novo", de Aldous Huxley, "Laranja Mecânica" é um dos ícones literários da alienação pós-industrial que caracterizou o século XX. Adaptado com maestria para o cinema em 1972 por Stanley Kubrick, é uma obra marcante: depois da sua leitura, você jamais será o mesmo.

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

Hoje venho mostrar as dez capas mais bonitas que tenho na estante. Já vi este tipo de post em vários blogs e decidi fazer também. Não foi muito difícil de escolher os livros, até acabei por ter livros a mais e depois o difícil foi excluir alguns. Vou mencionar estes livros sem qualquer ordem específica.

 

A Ameaça - Ken Follett

A Ameaça.JPG

Uma capa muito simples, em tons de azul com umas árvores em tons de cinza e um chão que parece neve. Ainda não li o livro, não sei do que fala nem se esta capa é adequada à história.

 

Mulherzinhas - Louisa May Alcott

Mulherzinhas.JPG

Adoro as capas desta coleção. Simples, com pequenos desenhos alusivos às histórias. Tenho este e Moby Dick na estante e acho as capas de ambos lindas.

 

O Miniaturista - Jessie Burton

O Miniaturista.JPG

 Acho esta capa bem apelativa. Parece ser alusiva à história embora ainda não o tenha lido.

 

O Monte dos Vendavais - Emily Brontë

Webp.net-resizeimage.jpg

Em tons de azul, àrvore a preto e a imagem de alguém. O céu a ameaçar tempestade. As capas da Relógio d'Água costumam ser quase todas bonitas não é?

 

O Principezinho - Antoine de Saint-Exupéry

O Príncipezinho.JPG

Um livro muito fofinho com uma capa muito fofinha. As ilustrações por dentro também são lindas.

 

O Rouxinol - Kristin Hannah

O Rouxinol.JPG

Uma capa azul com a sombra da Torre Eiffel por trás. O pássaro e os ramos dourados. E, claro, uma das melhores leituras deste ano.

 

Oníria - Joana Santos Silva

Oníria.JPG

Este livro tem uma capa linda linda linda. Não uma das minhas melhores leituras, dei apenas duas estrelas mas acho a capa mesmo muito bonita.

 

Quando o Cuco Chama - Roberth Galbraith

Webp.net-resizeimage (1).jpg

Esta é uma capa super apelativa, mas também posso ter sido infuenciada pela autora. Não sei se a imagem está relacionada com a história.

 

Tudo, Tudo e Nós - Nicola Yoon

Tudo, tudo e Nós.JPG

Uma capa cheia de cor, as letras com este efeito de terem sido desenhadas a pincel. Um bom trabalho. Um livro muito fofinho.

 

Vai e Põe uma Sentinela - Harper Lee

Vai e Põe uma Sentinela.JPG

As capas azuis predominam nas minhas escolhas, não é verdade? Gosto da árvore e das folhas amarelas como se fosse outono. E gosto das letras.

 

E pronto, estas foras as dez capas mais bonitas da minha estante. O que acham delas?

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

BEDA #3: TBR | Agosto

por Daniela, em 03.08.17

Em Agosto planeio ler apenas três livros. Dois calhamaços e um livro pequenino. Não vou colocar mais, pois com o BEDA vou ter menos tempo. No entanto, pode sempre mudar.

 

DSCF3580.JPG

 

Terminar O Terceiro Gémeo, de Ken Follet, que comecei em Julho. Estou no início, mas a história já me prendeu e estou a gostar.

 

Vou ler o livro O Vermelho e o Negro, de Sthendal, a leitura escolhida para O Clube dos Clássicos Vivos.

 

Quero ainda ler O Principezinho, de Antoine de Saint-Exupéry, que ainda não li e acho que já está bem na altura.

 

E vocês, o que vão ler este mês?

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

TBR | Julho

por Daniela, em 05.07.17

Em Julho espero ler cinco livros.

DSCF3253.JPG

 

Terminar de ler O Enígma das Cartas Anónimas, que comecei em Junho. Estou no início ainda e estou a gostar, embora ainda não tenha acontecido grande coisa. Já tinha saudades de ler Agatha.

 

Vou ler o livro Para a Minha Irmã, da Jodi Picoult, para o projeto Um ano com a Jodi. A primeira leitura deste projeto não foi muito agradável, espero que esta seja melhor. Pelo que já li sobre o livro, é um dos melhores dela.

 

O Luto de Elias Gro, uma recomendação da Carolina que já comecei a ler e até agora estou a gostar.Na próxima sexta-feira, vai haver um evento para apresentar o terceiro volume desta trilogia cá em Leiria. Eu vou tentar ir.

 

Quero ler O Terceiro Gémeo, de Ken Follet, que já transitou da TBR do mês passado. Nunca li nada dele, espero que seja uma boa primeira escolha.

 

Por fim, Oníria da Joana Santos Silva, um livro de poesias com uma capa linda. Vamos ver se gosto.

 

E vocês, o que vão ler em Julho?

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

TBR | Junho

por Daniela, em 06.06.17

Terminei a minha lista de leituras previstas para Junho. Em princípio irei ler quatro livros e terminar outros dois que comecei em Maio.

DSCF3236.JPG

Irei terminar os livros O Artesão e Sou o Número 4, que comecei no mês anterior.

Vou ler o livro Compaixão numa leitura conjunta criada pela Elisa, a Dora e a Isaura.

Escolhi também o livro O Enígma das Cartas Anónimas para voltar a ler Agatha. 

Ken Follet, com o livro O Terceiro Gémeo, vai ser a primeira vez, é verdade.

Adicionei ainda à lista o livro O Rouxinol, oferecido no primeiro encontro do clube pela Cláudia.

 

Acho que vai ser um bom mês. E vocês, já sabem o que vão ler este mês?

Já leram algum destes? Contem-me tudo!

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

TBR | Maio

por Daniela, em 02.05.17

Para Maio vou propor-me a ler cinco livrinhos e terminar um que comecei em Abril.

DSCF3056.JPG

Orlando, de Virginia Woolf - Comecei a ler em Abril e irei terminar este mês.

O Disco de Jade - Peixe de Ouro, de José Frèches - O segundo volume de uma trilogia. Li o primeiro em Fevereiro.

Boneca de Luxo, de Truman Capote - A leitura para o Clube dos Clássicos Vivos.

História da Menina Perdida, de Elena Ferrante - O último volume da Tetralogia napolitana, estou super ansiosa para saber como termina e quero ler antes de estrear a série, que se prevê para 2018.

Tudo, tudo e Nós, de Nicola Yoon - A minha única compra de Abril, para ler antes de estrear o filme e finalmente desvender todo o burburinho à volta deste livro.

Sou o Número Quatro, de Pittacus Lore - Há muito tempo na minha estante, foi o livro selecionado do meu TBR Jar.

 

E é isto, e vocês que vão ler em Maio?

 

Goodreads - Facebook Instagram

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.