Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mente Literária

"A leitura é como uma droga que confere um adormecimento agradável aos contornos da crueldade da vida." Kertész , Imre.

Mente Literária

"A leitura é como uma droga que confere um adormecimento agradável aos contornos da crueldade da vida." Kertész , Imre.

Excertos #16

 

«Algumas vezes sofria ataques de asma. Então chamava a neta com uma campainha de prata que andava sempre consigo e Alba acudia a correr, abraçava-a e curava-a com sussurros de consolo, pois ambas sabiam, por experiência, que a única coisa que pára a asma é o abraço prolongado de um ser querido.»

 

 Em A Casa dos Espíritos, de Isabel Allende*

Excertos #15

image.jpg

 

 

"O nosso mundo era assim, cheio de palavras que matavam: o garrotilho, o tétano, o tifo, o gás, a guerra, o torno, o entulho, o trabalho, o bombardeamento, a bomba, a tuberculose, a supuração. Remeto para essas palavras e para aqueles anos os muitos medos que me têm acompanhado toda a vida"

 

Em A Amiga Genial, de Elena Ferrante*

Excertos #14

 

 

 

"Suponho que essa era uma das consequências de se ter uma alma romântica. Acreditava-se em coisas como o amor à primeira vista e presentes perfeitos."

 

 

 

Em A Filha da Minha Melhor Amiga, de Dorothy Koomsom*

Excertos #13

 

"Ela não era tão segura de si como o seu comportamento dava a entender e eu não era tão descarada e dura como fingia ser. Podia transmitir essa impressão a princípio, podia agir com frieza e inacessibilidade, mas desiludia-me sempre a mim própria quando tinha um rebate de consciência - não conseguia ser uma cabra até ao fim."

Do livro A Filha da Minha Melhor Amiga, de Dorothy Koomsom*

Excertos #12

Não te Deixarei Morrer David Crokett.jpg

 

"O que o acordou foi o silêncio. Primeiro, o do despertador que não tocou à hora combinada todas as manhãs. Depois, o de outra respiração, que devia ouvir e não ouvia. Estendeu a mão para o quente do outro lado da cama e encontrou o frio. Apalpou e encontrou vazio. Então, sim, despertou completamente.

 

 

Um prenúncio de tragédia desceu por ele abaixo, como um arrepio. O que acabara de se lembrar era que não acordara só por acaso ou por acidente: aquele era o primeiro dia, a primeira manhã da sua separação — o primeiro de quantos dias? — em que acordaria sempre sozinho, com metade da cama fria, metade do ar por respirar."

 

De Miguel Sousa Tavares, em Não te Deixarei Morrer, David Crockett*

Excertos #10

 

Uma Morte Súbita.jpg

 

"(...) a história de Bhai Kanhaiya, o herói sique que atendia às necessidades dos feridos em combate, quer fossem amigos ou inimigos. Quando lhe perguntaram por que motivo prestava ajuda indiscriminadamente, Bhai respondera que a luz de Deus brilhava a partir de todas as almas, o que lhe impossibilitava distinguir entre elas."

 

De J. K. Rowling, em Uma Morte Súbita*

 

Excertos #9

Uma Morte Súbita.jpg

 

"O erro que noventa e nove por cento da humanidade cometiam, tanto quanto Fats sabia, era as pessoas sentirem vergonha daquilo que eram; mentirem acerca disso e tentarem ser outra pessoa.

(...)

O mais difícil, o mais glorioso, era ser-se a pessoa que se era realmente, (...)"

 

 

Do livro Uma Morte Súbita, de J. K. Rowling*