Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Julho 2017

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031







Livros no Ecrã | A Revolta, de Suzanne Collins

Terça-feira, 18.04.17

DSCF2953.JPG

 

Sobre o livro...

 

DSCF2927.JPG

 

 

 

O terceiro livro desta trilogia dividiu as opiniões dos leitores. Houve quem adorasse este final e houve também quem odiasse. Eu gostei do final embora não tenha acontecido da maneira que previ. Gostei do livro no geral, embora não tenha de todo superado Em Chamas.

Este livro é o que nos traz mais despedidas, despedidas necessárias e dolorosas. Continuamos a ver tudo o que acontece da perspetiva de Katniss Everdeen, e ela mostra-se mais forte e focada em atingir o seu objetivo. O seu melhor amigo, Gale, destaca-se muito mais neste volume do que nos anteriores. Mostra que está sempre lá para a apoiar e mostra também mais de si que não pudemos ver nos outros livros. 

Peeta tem agora uma nova luta para além daquela a ser travada por todos contra o Capitólio. Devido aos acontecimentos ocorridos no segundo volume, Peeta vê-se agora a lutar contra si próprio, vê-se falhar e recomeçar uma e outra vez.

Um dos personagens que gostei mais neste volume foi Finnick, que conhecemos no anterior volume e que agora também se revelou muito mais. Outro dos personagens, o mais odiado por Katniss é quem acaba por lhe mostrar o caminho e ajudá-la na sua decisão.

O final é feliz e surpreendeu-me, uma vez que estava à espera que a escolha de Katniss fosse exatamente a contrária.

 

e a adaptação...

  

 

 

 

Este livro foi dividido em dois filmes. O primeiro filme acaba por se tornar arrastado devido à falta de ação que acaba por existir. Andam para cá e para lá mas, no geral, não acontece nada de emocionante.

No segundo filme, muda um bocadinho. Começamos a ver mais da revolta dos distritos e a acompanhar mais as batalhas entre estes e o Capitólio.

Acho que foram cortadas e alteradas partes que ficariam melhor como estavam no livro. Dariam mais impacto, principalmente uma das cenas finais em que Katniss é chamada a atirar e, no livro, apenas tem uma seta e pode atirar apenas a um alvo o que a leva a ter mesmo de escolher. No filme não é assim, ela podia perfeitamente ter atirado para vários locais.

No geral, gostei do filmes, tal como gostei dos anteriores e acho que foi uma boa adaptação.

 

 Goodreads - Facebook Instagram

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Daniela

Adaptação cinematográfica: O Crime do Padre Amaro

Sábado, 25.02.17

Crime do padre.jpg

 

Começou por ser uma adaptação contemporânea do romance clássico de Eça de Queirós e o pano de fundo passou a ser um bairro social de Lisboa cheio de problemas em pleno século 21. Este era o desafio e, visto assim, bastante promissor. Foram preservados os nomes dos personagens e apenas alguns aspetos abordados na obra. Outras histórias paralelas foram adicionadas, enquadrando-se no estilo de vida do bairro social.

Amaro (Jorge Corrula) chega a Lisboa para substituir um falecido padre e instala-se na casa da Joaneira, onde conhece a sedutora Amélia, interpretada por Soraia Chaves. Neste caso, é Amélia que seduz o padre, que tenta a todo o custo suprimir os seus desejos. Para atrair espectadores e para fazer render o filme foram introduzidas no filme uma quantidade infinita de cenas eróticas que não fazem o menor sentido em que na maioria delas fiquei a pensar "Como raio é que eles foram parar à sacristia?".

A crítica à igreja está lá, bastante intricada principalmente no cónego Dias e também no padre Amaro.

A banda sonora é carregada de hip-hop português, digamos que uma péssima escolha para as cenas referidas acima. As representações são na sua maioria fracas, sendo que as cenas também não ajudaram. Gostei do Nicolau Breyner, Rui Unas e do Nuno Melo. O Jorge Corrula também se esforçou, embora tenha sido piorzinho que estes. 

Penso que o talento dos atores poderia ter sido muito melhor aproveitado se o guião tivesse sido melhor - o que era totalmente possível. O Eça de Queirós não está orgulhoso, de certeza.

O livro era capaz de dar uma ótima série, se fosse mais concentrado no conteúdo e nas críticas presentes no livro do que nas relações íntimas e cenas chamadas eróticas.

 

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Daniela

Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-lo | J.K.Rowling + Adaptação Cinematográfica

Segunda-feira, 05.12.16

Monstros Fantásticos & Onde Encontrá-los.JPG

 

Pontuação: 4*

 

Este livro trouxe-me um pequeno regresso ao mundo de Harry Potter. As personagens são diferentes e o livro conta histórias passadas muitos anos antes da saga, mas a magia está lá.

Este é um livro escrito por Newt Scamander que todos os feiticeiros têm em sua casa e que utilizam para os ajudar a lidar com qualquer tipo de monstro. Este livro é então um dicionário de monstros onde aparecem as suas características, os sítios onde se pode encontrar cada um e onde são classificados numa escala de um a cinco segundo o seu nível de perigosidade. Explica-nos ainda o que é um monstro, como foi decidido se cada ser seria ou não classificado como tal e mostra-nos algumas histórias relacionadas com os conhecimentos dos Muggles sobre eles.

As receitas dos exemplares vendidos deste livro revertem a favor da organização Comic Relief, que luta contra a pobreza principalmete do Reino Unido e de Países Africanos.

 

 

ADAPTAÇÃO CINEMATOGRÁFICA

Pontuação: 5*

 

Como seria de esperar, este primeiro filme é apenas baseado neste livro - era difícil fazer um filme sobre um dicionário de montros. É, no entanto, dos raros casos em que gostei ainda mais do filme.

Newt Scamander, maravilhosamente representado no ecrã por Eddie Redmayne, está ainda a meio da sua pesquisa para realizar o seu livro e anda com uma mala cheia de monstros atrás.

Adorei cada minuto do filme, cada segundo de magia e cada instante de lembrança de um mundo com o qual cresci.

Revi no personagem Credence uma clara presença da J.K.Rowling, representando ele a falta de amor e as consequências que daí advêm. Outro dos valores mais prezados na saga de J.K. é a amizade, presente neste filme através das personagens Newt, Tina, Queenie e Jacob.

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Daniela

As Dez Figuras Negras - a série

Quarta-feira, 16.11.16

Há uns dias vi a série baseada no livro de Agatha Christie - As Dez Figuras Negras.

Senti alguma surpresa ao conhecer algumas das personagens, que não tinha imaginado desta forma. Também esperei um final diferente, mais fiel ao livro.

De resto, não desgostei, a história está lá e a mestria da autora foi efetivamente passada para o ecrã.

 

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Daniela

Ensaio Sobre a Cegueira - o filme

Domingo, 13.11.16

Li e adorei o livro de Saramago para o projeto Ler os Nossos e, como tal, decidi ver o filme.

 

 

É um filme muito parecido ao livro, as personagens estão muito bem representadas e a história está toda lá. Tanto o livro como o filme são bons e levam-nos a pensar na mensagem que transmitem. As cenas mais chocantes, todas as dificuldades do livro, aparecem também no filme numa adaptação bastante fiel ao que Saramago escreveu. 5*

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Daniela

The Casual Vacancy - a série

Sábado, 16.07.16

Terminei de ver a mini-série baseada no livro de J. K. Rowling - Uma Morte Súbita. Tem apenas três episódios 

A história de Pagford está lá, as personagens do livro, no geral, estão lá, embora haja algumas falhas importantes nas suas caracterizações.

Senti falta de ver o final que li no livro, que foi bem diferente do da série. Faltou também a representação do bullying e da automutilação por isso desencadeada de uma das personagens que gostei mais.

Deixo o trailer em baixo:

 

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Daniela

O Monte dos Vendavais - O Filme

Sexta-feira, 17.06.16

No fim de semana passado vi o filme O Monte dos Vendavais. Fiquei decepcionada!

A história, ou parte dela, está lá mas o filme além de ser muito parado, abrange apenas a geração de Heathcliff e de Catherine, senti falta da segunda parte do livro onde se destacam Cathy e Hareton.

Vi a adaptação de 2011, talvez ainda dê uma oportunidade a um mais antigo.

 

 

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Daniela



Leituras do Momento:






Opiniões em Breve: