Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Novembro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930







Harry Potter e o Cálice de Fogo, de J. K. Rowling

Sexta-feira, 10.11.17

DSCF3967.JPG

 

 

Um jogo de Quidditch profissional. O famoso seeker Viktor Krum deslumbra os fãs em cima da sua vassoura. Mas a noite chega e aparecem figuras encapuzadas.

 

"- MORSMORDRE!"

 

A marca negra aparece no céu. A mesma marca que, há tantos anos atrás, desesperava os feiticeiros que a encontravam a pairar por cima das suas casas. A marca que significa morte.

 

Conhecemos as maldições imperdoáveis, que são três e puníveis com pena pesada em Azkaban. Sabemos agora o significado do clarão verde que o nosso herói de vez em quando vê.

 

Os elfos domésticos também têm um grande destaque neste volume. Criaturas que servem os feiticeiros, fazendo todas as tarefas domésticas e tudo aquilo que os amos lhes ordenarem. Vivem vidas miseráveis e são mal tratados. A maior parte deles. Mas há quem não concorde com a exploração destes seres mágicos, e assim vemos nascer a B.A.B.E. - Brigada de Apoio ao Bem-Estar dos Elfos.

 

O torneio dos três feiticeiros regressa. Há muito tempo atrás, três escolas de feitiçaria juntavam-se periodicamente para competir em alguns desafios definidos por um júri competente e eleger a melhor escola de magia. Este ano a tradição voltou. Hogwarts, Durmstrang e Beauxbattons voltam a encontrar-se e a eleger campeões para as representarem. O que poderá correr mal? É o que vamos descobrindo.

 

O primeiro grande volume desta série é marcado pela ação do princípio ao fim. Começamos logo com uma novidade: o enredo não se prende apenas com a perspetiva do Harry. Que outros pontos de vista iremos conhecer?

 

O ambiente sinistro iniciado no terceiro volume adensa-se ainda mais. Maldições imperdoáveis. Tortura. Morte.

 

Um livro extremamente cativante, um enredo perfeito e um final que nos deixa sedentos por mais.

 

"É estranho, mas quando receamos tanto uma coisa que daríamos tudo para fazer o tempo andar mais devagar, este tem a mania de andar mais depressa."

 

"Se queres conhecer o carácter de um homem, vê como ele trata os seus inferiores, não os seus iguais."

 

"A compreensão é o primeiro passo para a aceitação e só com aceitação poderá haver recuperação."

 

"Adormecer a dor durante um tempo torná-la-á pior quando finalmente a sentires."

 

 

O filme tem, como sempre, as suas diferenças. Gira tudo muito à volta do torneiro, o que não acontece no livro, em que as tarefas são espaçadas e muito acontece pelo meio. Algumas cenas e magias interessantes são deixadas de fora, como é exemplo o fumo que vira o mundo de quem por ele passa ao contrário, que aparece numa das tarefas do torneio.

No entanto, vale a pena ver, claro.

 

Opiniões anteriores:

Harry Potter e a Pedra Filosofal, de J. K. Rowling

Harry Potter e a Câmara dos Segredos, de J. K. Rowling

Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, de J.K.Rowling

Goodreads - Facebook - Instagram

Autoria e outros dados (tags, etc)





Leituras do Momento: