Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mente Literária

"A leitura é como uma droga que confere um adormecimento agradável aos contornos da crueldade da vida." Kertész , Imre.

Mente Literária

"A leitura é como uma droga que confere um adormecimento agradável aos contornos da crueldade da vida." Kertész , Imre.

Crítica: O Zahír - Paulo Coelho

zahir.jpg

 

 

 

Título: O Zahír

Autor: Paulo Coelho

Editora: Pergaminho

1ª Edição: 2011

Nº de Páginas: 320

 

 

 

  

"O Zahir é algo que, uma vez tocado ou visto, nunca é esquecido – e vai ocupando o nosso pensamento até nos levar à loucura. O meu Zahir tem um nome, e o seu nome é Esther."

 

Sinopse: "O Zahir" conta a história de um escritor de sucesso com uma vida confortável e um casamento estável; um homem satisfeito. Até que, sem qualquer motivo ou explicação, Esther, a sua mulher, desaparece. Este acontecimento inexplicável leva-o a repensar toda a sua vida e tudo aquilo a que dava valor. Pouco a pouco, a sua necessidade de compreender o sucedido transforma-se numa obsessão. Uma obsessão que o leva a partir numa viagem para se reencontrar com Esther... E consigo próprio. O seu estilo fluido e cativante faz de "O Zahir", uma das obras mais reveladoras de Paulo Coelho, uma reflexão autêntica e ponderada acerca do amor, da liberdade e do destino.

 

Opinião: Este é um livro narrado na primeira pessoa. O nome do protagonista nunca nos é revelado, o que leva muitos a crer que é o próprio Paulo Coelho. É o segundo livro que leio deste autor, e gosto, apesar de não me fascinarem completamente. Várias pessoas afirmam que o Paulo Coelho escreve sempre sobre a mesma coisa, que os seus livros são um conjunto de obras autobiográficas, eu não posso confirmar nem desmentir.

Este livro conta a história de um escritor de sucesso que procura a sua esposa, Esther, após esta ter desaparecido sem qualquer aviso prévio. Esther torna-se então no seu Zahír, não só algo que não lhe sái da cabeça, mas a sua obsessão.

Ao longo da leitura, deparamo-nos com várias passagens interessantes sobre a vida e sobre o amor. A importância de atingir objetivos e a força do amor que nos move.

O final é feliz e emocionante. Depois da sua longa viagem, cheia de trilhos e de retrocessos, de acidentes e pensamentos, ele torna-se no melhor de si.

Goodreads - Facebook - Instagram

1 comentário

Comentar post