Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mente Literária

"A leitura é como uma droga que confere um adormecimento agradável aos contornos da crueldade da vida." Kertész , Imre.

Mente Literária

"A leitura é como uma droga que confere um adormecimento agradável aos contornos da crueldade da vida." Kertész , Imre.

As Dez Figuras Negras, de Agatha Christie

DSCF2568.JPG

Dez pessoas completamente aleatórias foram misteriosamente convidadas a passar alguns dias na Ilha do Negro. Pelas mais variadas razões todas acabam por aceitar o convite e, quando dão por si, estão na cozinha do anfitrião a ouvir uma voz que não sabem de onde vem, acusando-os dos mais variados crimes.

O ambiente torna-se pesado quando cada um dos ocupantes da casa vai sendo assassinado de acordo com a lenga-lenga que se encontra em cada um dos quartos.

À medida que os personagens vão morrendo e cada vez mais se instala a desconfiança, também nós como leitores vamos tentando descobrir qual dos ocupantes daquela ilha é o verdadeiro assassino.

O final é absolutamente inesperado e de uma mestria que só poderia vir da rainha dos policiais.

Um livro genial e que nos agarra do princípio ao fim.

 

"Dez meninos negros foram jantar;

Um engasgou-se e sobraram nove.

Nove meninos negros deitaram-se muito tarde;

Um dormiu de mais e sobraram oito.

Oito meninos negros foram viajar pelo Devon;

Um disse que por lá ficava e sobraram sete.

Sete meninos negros foram cortar lenha;

Um cortou-se em dois e sobraram seis.

Sei meninos negros brincaram com uma colmeia;

Um abelhão ferrou um e sobraram cinco.

Cinco meninos negros seguiram a advocacia;

Um foi para o Supremo Tribunal e sobraram quatro.

Quatro meninos negros foram para o mar;

Um caiu no anzol e sobraram três.

Três meninos negros andavam pelo jardim zoológico;

Um levou um chi-coração de um urso enorme e sobraram dois.

Dois meninos negros sentaram-se ao sol;

Um deles ficou assado e sobrou um.

Um menino negro ficou completamente só;

Foi e enforcou-se e não sobrou nenhum."

 

Pontuação: 4.5*

Goodreads - Facebook - Instagram

1 comentário

Comentar post